CULTURA

  • Jorge Campos

em atenas, na praça syntagma


Manifestante contra a troika na Praça Syntagma

não digam que me cale.

calado consinto ser adiado.

o tempo é hoje:

antes a lágrima que me dói

do que a deriva dos fantasmas

sem futuro.

sou grego, agora.

amanhã, poderei dizer

aos contemporâneos:

valeu a pena

porque, mesmo se vencido,

serei semente,

minúscula que seja,

contra o medo.


tal como ulisses na aventura

da viagem, vencedor

de mim mesmo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

oblivion