CULTURA

  • Jorge Campos

18 de Janeiro de 1934



Inspirado na Carta del Lavoro de Mussolini, Salazar promulgara o estatuto do trabalho nacional. Contra a fascização dos sindicatos e em luta por melhores condições de vida, os operários, maioritariamente da tendência anarco-sindicalista, e o povo da Marinha Grande ocuparam a vila e hastearam a bandeira vermelha. Acreditavam que o seu exemplo seria seguido no resto do país. Não foi. A repressão foi brutal. Dos 152 presos que a 29 de Outubro de 1936 foram inaugurar o campo do Tarrafal - ou da Morte Lenta - em Cabo Verde, 57 eram revoltosos da Marinha Grande. Na foto, familiares junto ao Governo Civil de Leiria pedindo a sua libertação.

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo