CULTURA

  • Jorge Campos

O dia da rebeldia



No dia 26 de julho de 1953, 165 homens comandados por Fidel Castro assaltaram o quartel de Moncada, em Santiago de Cuba, cuja guarnição era composta por mais de mil soldados. Foi o primeira tentativa de derrubar o ditador Fulgencio Baptista, um fantoche ao serviço de Washington. A operação falhou. Mas poucos anos volvidos a revolução venceu e acabou com o regime de um país na altura olhado como o casino e o bordel dos Estados Unidos. O património da esquerda é feito de vitórias e derrotas, erros e conquistas. Avaliá-lo é uma obrigação. Esquecê-lo é perder a perspectiva. O 26 de julho é o dia da rebeldia.

75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo